• Matheus Lopes Quirino

Com canção vencedora do Oscar, Elton John rememora amor que sempre o tocou

\\ CINEMA


Por Matheus Lopes Quirino



Tendo levado o Oscar por Melhor Canção Original, I'm Gonna Love Me Again vem causando barulho e entorpecendo fãs do britânico Elton John nas redes sociais. Sob o rastro de seu musical autobiográfico, o cantor, estrela retratada em Rocketman, realiza um dueto nostálgico com o ator em ascensão do filme de Dexter Fletcher, seu intérprete Taron Ergeton.


“Cantando, eu vou me amar de novo”, traz o refrão do clipe, que mistura fragmentos de performances memoráveis encenadas pelo cantor ao longo de sua trajetória – como em Im still standing (1985) e Are you ready for love (1979) – com cenas da cinebiografia da qual John, também, é produtor. Old School, o clipe é imantado por cores vibrantes e psicodélicas, figurinos exuberantes, discos de vinil, lantejoulas e purpurina, tudo à moda do veterano, autor da faixa Skyline Pigeon, que completou 50 anos em 2019.


Em 2019, os Ergeton participou de uma série de shows de John como segunda voz. Houve performances marcantes, como quando a dupla cantou Your song, durante show ocorrido na apresentação número 95° show do Farewell Yellow Brick Road Tour, Ergeton soube conciliar a aspereza do protagonista de Kingsman: Golden circle (2017) com a ternura e melancolia que demanda o personagem do intérprete britânico. Divulgada, primeiramente, no Instagram, John interage e enaltece as performances de Ergeton.


Feita sob encomenda para encerrar o filme do cantor, I,m Gonna Love Me Again prova a capacidade de reinvenção do astro britânico que superou seus demônios internos com álcool, drogas e também com a própria sexualidade. “O filme mostra o caminho geralmente tortuoso que percorre um cantor durante o sucesso, mas o amor sempre vencerá”, afirmou John durante coletiva de imprensa na pré-estreia de seu filme, em Nova York, em 2019.

©2019 por Frente & Versos. Criado com Wix.com