• André Vieira

Crucifixos - Isabel Figueró Cruz

\\ POEMÁRIO


São Sebastião na coluna, Pietro Perugino e Ateliê


Caso queira entender do que se trata essa seção de"PEDANTISMO", sugiro que entre aqui.


Da mesma forma, caso queira saber quem é Isabel, aconselho a todos para começar por aqui.



"Ao querido estrangeiro,


Das vagas vagas salinas ainda vejo o que deixei para trás: um desejo que arde rubro no istmo do peito dum lar longínquo, dum coração apartado, duma lembrança distante, que deixou de viver em mim, malgrado a fé diária que m'escorre pelos dedos e o penduricalho de seu algoz preso a meu pescoço.


Misericórdia.

As jornadas têm sido longas, por vezes intermináveis, e o caminho tem sido salgado assim como a última vez que o vi e senti em meu corpo, mas o ferro ainda queima com fervor quando escuto Seu nome: ó meu Senhor! Meu único e verdadeiro amor que me ferre o rosto com a cólera da tormenta e me açoita a alma com sua presença!


Provação.


Desde a partida à bacia das almas, do comprometimento missionário em solo ignoto, do renascer em Teu corpo no além-mares, teria-eu sido te diferente? Teria eu me desviado do caminho, me nebulado de tua luz, rompido com meu sagrado voto?


Não.

Teu desejo de glória e anseio de ira ainda ecoam nesse corpo. Tuas palavras, devotas à ânsia da carne e ao líbito da alma do espírito ainda me são presentes, seja no oratório dos infiéis, seja nas praias que clamam Teu nome, Teu sangue e teu Corpo.


Ó Pai!


Amor primeiro e vocação última, perdoai-me pelos meus erros que diariamente tendes a endurar, pelo ríspido de laúde nos templos de tuas imagens, e pelos pecados que ando a lhe contaminar, como veneno derramado em fonte de pura água cristalina.


Redenção.


Do sol da manhã que ilumina meu rosto, e do silêncio árido que ceiva os olhos, pávidos pelos erros humanos, o trigo-sarraceno é o único que alegra-me a alma, pasma pelo corpo de Cristo.



Recuerdos de Allambra,

Isabel"


Carta originalmente recebida no dia 28 de novembro.



Crucifixos


Mácula do vício;

Sereno erro sarraceno:

Ímpeto do Espírito.


Isabel Figueró Cruz



(Créditos foto capa: Table de petit déjeuner; Felix Esterl)

©2019 por Frente & Versos. Criado com Wix.com