• Frentes Versos

Suspense de Raphael Montes traz à tona passado sombrio de personagem

\\ LIVROS

Descobrimos a história junto com a personagem, Victoria, que teve os pais mortos na infância e vê seu passado trazido à tona

Por Sara Beatriz Rodrigues de Souza, colaboração para Frentes Versos


O autor Raphael Montes. (imagem: reprodução)

Uma mulher no escuro, essa é a sensação universal de quem se depara com a leitura do romance de suspense de Raphael Montes. Descobrimos a história junto com a personagem, Victoria, que teve os pais mortos na infância e vê seu passado sendo trazido à tona. A forma como as informações são despejadas em cima do leitor, quando menos se espera, de forma casual, e aparentemente despretensiosa, tornam o impacto de novas revelações ainda maior. Raphael Montes, nascido em 1990, no estado do Rio de Janeiro, escreveu outros romances de sucesso, entre eles Suicidas e Jantar Secreto, traduzidos em mais de vinte países e com os direitos de adaptação vendidos para teatro e cinema. Montes escreveu a história de Vitória de modo documental e realista, como uma retratação de algo que realmente ocorreu, ao utilizar recursos como páginas de diário e reportagens. Ao longo da leitura é impossível não ir juntando pistas e tentar desvendar os mistérios que rodeiam a história da protagonista. A história se passa no Rio de Janeiro, alternando entre a Lapa, Ilha do governador e outros bairros detalhadamente descritos e específicos, com nomes de ruas, avenidas e praças. Victoria Bravo é uma adulta de vinte e quatro anos com extrema dificuldade de confiar nas outras pessoas. Possuí um amigo que conheceu num fórum da internet e que o chama de Arroz, sem nenhum interesse de saber seu nome verdadeiro e outras coisas do âmbito pessoal do amigo. Além de Arroz, as outras pessoas do seu círculo social próximo são seu psiquiatra e sua tia-avó Amélia. Uma mulher no escuro, publicado pela Companhia das Letras em 2019, é um ótimo romance de suspense e investigação, que aborda temas sérios como pedofilia e pornografia infantil, sendo necessário o disclaimer de possível gatilho para algumas pessoas. Além de abordar temas delicados, o livro possuí passagens extremamente explícitas e cheias de detalhes sobre masturbação, vandalismo, sexo, violência e abusos físicos e psicológicos de forma que o leitor se depara com a realidade nua e crua e tem a oportunidade de refletir sobre temas pouco discutidos. Ao longo dos desdobramentos do livro vamos saindo do escuro aos poucos, junto com Victoria.


***

TÍTULO: Uma mulher no escuro

AUTOR: Raphael Montes

EDITORA: Companhia das Letras

ANO: 2019













(Os textos de colaboração não expressam necessariamente a opinião da FV)

©2019 por Frente & Versos. Criado com Wix.com